Mesa de som amplificada e interface USB Arcano ARC-MIX-16P

Código: 3885-01 Marca:
Selecione a opção de Voltagem:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

ARC-MIX-16P

 

Mesa de som ARC-MIX-16P Arcano® – 16 entradas XLR para microfone; efeitos 32 bits incluindo REVERB; saídas principais em XLR (balanceadas); 1 saída AUXILIAR; entradas e saídas RCA; interface USB; gravação no pendrive, conexão bluetooth e amplificador de potência embutido.

MESA AMPLIFICADA – 300W RMS (4Ω) – 150W RMS por canal em 4Ω. Mais detalhes abaixo.

ESTA MESA NÃO É BIVOLT.

CANAL 8/USB – Não é possível usar as entradas XLR e P10 do canal 8, quando for utilizar o leitor de pendrive, conectar via BLUETOOTH ou reproduzir via USB. Mais detalhes abaixo.


Dimensões (L×C×A): 66×34×12cm

 

INTERFACE DE ÁUDIO USB 

  • Indicada para fazer gravações básicas e LIVEs através do PC;
  • Compatível com qualquer programa de gravação/DAW;
  • Compatível com Windows 7/8/10. Uso não recomendado em Mac;
  • Plug and Play – Não precisa driver, porém compatível com ASIO4ALL;
  • Não indicada para tocar instrumentos utilizando efeitos de plug-ins devido a sua forma de monitoramento, mais detalhes abaixo.
  • Não grava em multipista. Não permite gravar os canais em pistas individuais simultaneamente.

RESOLUÇÃO: 16 bits
TAXA DE AMOSTRAGEM: 48KHz
Conector USB A

MODO DE GRAVAÇÃO
Gravação apenas MONO: Todos os canais da mesa formam uma única pista MONO.

MODO DE REPRODUÇÃO VIA USB
Reprodução Estéreo: A música que vem do computador pelo USB é reproduzida em estéreo.

 

CONEXÃO BLUETOOTH

Reproduza as músicas de seu celular, tablet, notebook, etc. diretamente em sua mesa através da conexão bluetooth. Não é possível enviar o som da mesa para esses dispositivos através do bluetooth, apenas reproduz o som do dispositivo na mesa.
Para trabalhar com o bluetooth da mesa basta pressionar botão MODE que fica próximo ao display e procurar em seu dispositivo a opção KG-60F.

Curto alcance – Máximo 10m sem barreiras, pode variar para menos de acordo com a potência de emissão do dispositivo móvel.
Reprodução do bluetooth: Som estéreo.

 

GRAVAÇÃO DIRETA NO PENDRIVE

Grave o som da mesa diretamente em seu pendrive. Basta plugar o seu pendrive formatado em FAT32, pressione e segure o botão MODE até aparecer REC no display, pressione e segure PLAY/REC para iniciar a gravação.
Gravação MONO: Todos os canais formam uma única pista MONO.
Formato: .mp3
Qualidade do arquivo: 128kbps – 48KHz taxa de amostragem

 

CANAIS E SEUS RECURSOS:

  • Phantom Power +48V DC para todas as entradas XLR (não é individual por canal);
  • 16 canais MONO com entradas XLR (MICROFONE/balanceada) e P10 (LINE/não balanceada);
  • Canal 8/USB – O som do MP3 é enviado para o canal 8, porém é necessário ativar o som do MP3 através do botão CH8-USB. Não é possível usar as entradas do canal quando está utilizando o leitor de pendrive/bluetooth;
  • GANHO em todos os canais;
  • EQUALIZADOR de 3 bandas: Agudo, médio e grave;
  • Vol. AUX1 – Volume da saída auxiliar AUX 1 (pós fader);
  • Vol. AUX2 – Volume da saída auxiliar AUX 2 (pós fader);
  • Vol. FX – Volume do efeito do canal e da saída auxiliar FX OUT (pós fader);
  • LED PEAK – Indica que o canal está clipando, quando está com o nível de entrada muito alto;
  • PAN – Direciona o som do canal para o lado direito ou esquerdo do master;
  • MUTE – Em todos canais;
  • PFL – Pré escuta em todos os canais;
  • NÃO POSSUI INSERT.

 

SAÍDAS, VOLUMES PRINCIPAIS

SAÍDAS PRINCIPAIS: Apenas em XLR (balanceada);
RCA – TAPE (entrada de áudio);
RCA – REC (saída de áudio);
FONE DE OUVIDO P10 – Saída P10 estéreo com amplificação para fones. Com pré escuta PFL.
VOL. PHONE – Volume da saída de fone de ouvido. Não é independente do master.
VOL. MASTER – Com deslizantes L e R separados.
VOL. FX – Volume geral do efeito.
VOL. TAPE/RETURN – Controla o volume da entrada TAPE RCA ou RETURN. Botão TAPE/RETURN permuta entre as duas entradas TAPE e RETURN.
VOL. AUX 1 – Volume geral da saída auxiliar 1.
VOL. AUX 2 – Volume geral da saída auxiliar 2.

 

SAÍDA AUXILIAR para monitoramento e efeito externo

AUX 1 – saída auxiliar PÓS FADER. É necessário abrir o volume do canal para liberar o sinal para a saída auxiliar. Não precisa desativar o efeito da mesa.
AUX 2 – saída auxiliar PÓS FADER. É necessário abrir o volume do canal para liberar o sinal para a saída auxiliar. É necessário desativar o efeito da mesa para utilizá-la com via de monitoramento.
Pode ser utilizada em conjunto com a entrada RETURN para adicionar um efeito externo a mesa.
Permite enviar o som do MP3 para os monitores, usando os controles do canal 8/USB.
Não permitem enviar o efeito para os monitores.

Não são amplificadas.

 

ENTRADA para efeito externo

RETURN – Utilize-a em conjunto com a saída AUX 2 para adicionar um efeito externo (rack/pedal). Mais detalhes abaixo.

 

PAINEL DE EFEITO

EFEITOS: 99 presets, qualidade 32 bits. Incluindo: REVERB, DELAY e CHORUS.
DSP SELECT – Botões setas para selecionar o número do efeito. São 99 programações de efeitos para escolher.
PARAMETER – Ajusta a duração/intensidade do efeito.
FX – Volume geral do efeito.

 

DISPLAY PENDRIVE/USB/BT

Canal 8/USB – O som recebido pelo leitor de pendrive/bluetooth/interface USB é enviado para o canal 8 da mesa. É necessário ativar o som do MP3 através do botão CH8-USB do canal 8.
CONEXÃO USB com função de interface de áudio e leitor de pendrive.
Botão play/pause/rec – Com um clique simples você pausa ou inicia a leitura da faixa. Clicando e segurando você inicia a gravação no pendrive.
Botões avançar e voltar – Retornam a faixa anterior ou avançam.
Não permite saltar pastas.
Botão MODE – Permite selecionar entre as funções bluetooth, USB e gravação no pendrive (REC).
Repeat – Pressione e segure o botão MODE para adicionar repetições a faixa em execução.
No display é mostrado apenas o número das músicas e o tempo de reprodução, não é mostrado o nome da música.

 

SAÍDAS AMPLIFICADAS (SPEAKER OUTPUTS)

Apenas saídas traseiras L e R são amplificadas, e funcionam em conjunto com as saídas principais (MASTER).
Saída para retorno NÃO AMPLIFICADA.

 

CONEXÕES AMPLIFICADAS

Conexões em P10 e SPEAKON – Polaridade do SPEAKON: Centro positivo.
Cada canal (L e R) possui uma saída P10 e outra SPEAKON.

 

SAÍDAS PARALELAS

Cada lado amplificado (L e R) possuem duas saídas paralelas (P10 e SPEAKON). Ao ligar uma caixa em cada saída amplificada o valor da impedância irá diminuir.
Se for utilizar duas caixas em um mesmo lado amplificado da mesa, as caixas deverão possuir impedância de 16Ω ou 8Ω.

 

RESPOSTA DE FREQUÊNCIA

As saídas amplificadas são do tipo FULLRANGE, possuem uma resposta ampla e com ótimo desempenho nos graves, médios e agudos.
Não possui corte de frequências.

 

IMPEDÂNCIA DE CAIXAS e POTÊNCIA

Verifique a IMPEDÂNCIA FINAL de sua caixa passiva e confira abaixo a potência ofertada pelo amplificador na mesma impedância.
Procure utilizar caixas com potência semelhante a potência oferecida pelos canais do amplificador.

 

POTÊNCIA EM RMS

8Ω – 150W RMS – 75W RMS por canal (lado L, lado R);
4Ω – 300W RMS – 150W RMS por canal (lado L, lado R);
2Ω – Este amplificador não opera com 2Ω de impedância, pode danificar o equipamento, pois seu projeto não contempla esta forma de trabalho.

 

CONFIGURAÇÕES SUGERIDAS

2 CAIXAS PASSIVAS de 8Ω
1 caixa de 8Ω no lado L + 1 caixa de 8Ω no lado R

2 CAIXAS PASSIVAS de 4Ω
1 caixa de 4Ω no lado L + 1 caixa de 4Ω no lado R

4 CAIXAS PASSIVAS todas de 8Ω
2 caixas de 8Ω no lado L + 2 caixas de 8Ω no lado R

Não é possível ligar 4 caixas de 4Ω uma em cada saída, pois a impedância final será de 2Ω. Este amplificador não suporta trabalhar com essa impedância.

 

O VALOR DA IMPEDÂNCIA FINAL DA CAIXA

A impedância medida na entrada da caixa de som é o que determinará o quanto de potência será ofertada pelo amplificador. Essa impedância final é resultado das associações formadas pelos alto falantes, por tanto não é prático se orientar pela impedância individual dos alto falantes, medir a impedância final da associação é o que será determinante.

 

POTÊNCIA DO AMPLIFICADOR E A CAIXA PASSIVA

Para escolher um amplificador para sua caixa, verifique primeiramente qual é impedância de sua caixa e qual a impedância mínima admitida pelo amplificador.  
Para ter um bom rendimento com este amplificador, verifique na especificação do anúncio se na mesma impedância que a sua caixa, o amplificador oferece uma potência semelhante à da sua caixa de som. 
Por exemplo, se sua caixa é de 4Ω e toca 200W RMS, o amplificador deve oferecer em 4Ω uma potência semelhante a 200W RMS, isso para que você aproveite a potência RMS do amplificador e da sua caixa simultaneamente.

 

1 VIA DE MONITORAMENTO/RETORNO e 1 AUXILIAR FX

A ARC-MIX-16P possui uma saída auxiliar AUX 1 onde o usuário poderá ligar os retornos de palco. Para liberar o som de um dos canais da mesa para a saída AUX, será necessário apenas aumentar o volume AUX 1 do canal desejado. O volume geral AUX 1 também deverá estar aberto.
A saída AUX 1 é independente da via de efeito, por tanto poderá ser utilizada sem afetar o funcionamento do efeito da mesa.
Permite enviar o efeito para os retornos.
Não permite enviar o som do MP3 para os retornos.
A ARC-MIX-16P também conta com uma saída AUX 2 que pode ser utilizada como via de monitoramento quando desativado o efeito da mesa. Basta zerar o deslizante FX para poder utilizar a AUX 2 como via de monitoramento PÓS FADER.

 

UTILIZAÇÃO DE EFEITOS EXTERNOS (RACK ou PEDAL)

A saída AUX 2 pode ser utilizada como via para ligar efeitos externos na mesa. Caso seja priorizado os efeitos mais do que o retorno, o usuário poderá ligar a input do seu efeito externo na saída AUX 2 e a output do seu efeito externo na entrada RETURN. Assim toda vez que um dos volumes AUX forem abertos em um canal, a mesa irá utilizar o efeito externo.

 

LEITOR DE PENDRIVE, BLUETOOTH, INTERFACE USB – Ativando o som

O som recebido pelo leitor de pendrive, pela conexão bluetooth, ou interface de áudio, é enviado para o canal 8 da mesa.
Para ativar o som do MP3 é necessário pressionar o botão CH8-USB do canal 8 da mesa.
Não é possível usar as entradas XLR e P10 do canal 8, quando for utilizar o leitor de pendrive, conectar via BLUETOOTH ou reproduzir via USB.

 

LIGANDO PAs ATIVAS e AMPLIFICADORES – SAÍDAS PRINCIPAIS “MAIN OUT”

A ARC-MIX-16P disponibiliza saídas principais em conexões XLR balanceadas. Com essas saídas o usuário poderá plugar os seus AMPLIFICADORES e PAs ATIVAS através de cabos XLR-XLR/XLR-P10.

 

USO EM LIVES E PROGRAMAS DE STREAM (OBS, entre outros)

Para utilizar a mesa como fonte de áudio nas transmissões ao vivo, basta selecionar Jieli BR17 como opção de microfone nas plataformas utilizadas ou em seu programa de stream (ex: OBS).

 

USO EM REUNIÕES POR VÍDEO 

Para utilizar a mesa como fonte de áudio em plataformas de reunião como Skype, Microsoft teams, Zoom Cloud meeting, Google meet, etc. Basta selecionar a Jieli BR17 como opção de microfone.

 

LIGANDO EM INTERFACES DE ÁUDIO

As saídas MAIN OUTs podem ser plugadas nas entradas de uma interface de áudio para fazer uma gravação ou transmissão ao vivo. A saída AUX também pode ser utilizada, porém a divisão estéreo não será mantida.

 

BLUETOOTH

Para ativar o bluetooth basta pressionar o botão mode, procurar o dispositivo de áudio KG-60F na lista do bluetooth em seu aparelho e selecioná-la para parear. 
Para conectar outro aparelho via bluetooth na mesa, nenhum outro dispositivo pode estar pareado com ela.
O alcance do bluetooth não se aplica a longas distâncias, seu alcance é de aproximadamente 10m em áreas livres de barreiras.

 

GRAVAÇÃO DE FAIXAS SUBSEQUENTES

Não permite monitorar na própria mesa uma faixa já gravada enquanto se grava uma nova faixa. Quando feito desta forma, ocorre uma mistura das duas faixas. Isso acontece devido ao sinal do playback ser direcionado para o canal master da mesa, e o sinal do canal master ser direcionado para a gravação, formando um loop.
Para contornar essa situação pode ser utilizado um outro dispositivo de áudio para escutar a faixa já gravada enquanto se utiliza a mesa apenas para enviar o sinal.

 

SOBRE O USO COM PLUG-INS DE EFEITO

Não permite tocar ou cantar enquanto se utiliza os plug-ins de efeito (também conhecidos como VST), pois acaba misturando o som limpo que entra nos canais e o som processado pelos plugins em suas saídas de áudio.
Isso ocorre devido ao monitoramento direto da interface, ele não pode ser desativado para manter apenas o monitor playback (som que vem do computador). Entretanto após a faixa gravada é possível adicionar os efeitos sem problemas.

 

SOBRE MIXAGEM E MASTERIZAÇÃO COM PLUG-INS

Após a faixa já gravada adicionar um plug-in não irá interferir em nenhum processo de monitoramento. Não haverá limitações.

 

SOBRE PROGRAMAS DE GRAVAÇÃO/DAW

Não há restrição para nenhum programa de gravação/DAW, uma vez reconhecida pelo sistema operacional basta selecionar Jieli BR17 como dispositivo de áudio no programa DAW.

Produtos relacionados

Sobre a loja

Fundada em 2004, a Rede Discovery é referência no mercado de áudio profissional, oferecendo produtos com ótima qualidade e excelente custo benefício!

Pague com
  • PagHiper
Selos
  • Site Seguro

QEM COMERCIAL LTDA - CNPJ: 05.606.831/0001-25 © Todos os direitos reservados. 2021